top of page
  • Foto do escritorJefferson W. Santos | Ad Astra

Mentoria para equipes: A gestão estratégica no contexto brasileiro - Módulo de 30h



O ano que se inicia apresenta incertezas, restrições e dificuldades para as empresas brasileiras em função da epidemia do COVID 19 que ainda refreia o desenvolvimento econômico no mundo, em geral. Esse delicado cenário requer decisões ponderadas e consistentes que permitam às empresas a manutenção de sua competitividade em meio a uma elevadíssima carga tributária que estreita margem de lucros ou impõe eventuais perdas.


Organizações públicas e empresas privadas precisarão se antecipar aos desafios socioeconômicos para poder atenuar ou mesmo eliminar eventuais reflexos prejudiciais aos custos ou perda de ativos em seus planos de ação. Assim, a busca constante por elevados índices de produtividade e de eficiência deverão ser constantes nas gestões em todos os níveis organizacionais.


Com o propósito de elevar competências, a capacidade de se avaliar o cenário dos ambientes externo e interno da empresa, otimizar processos operacionais e administrativos, elevar a rentabilidade e, ainda, oferecer consistente assessoria ao processo decisório, apresento uma proposta de curso de 30h que visa preparar estudantes universitários, profissionais do mercado e executivos para o aperfeiçoamento do processo de gestão.


O evento de capacitação será promovido por intermédio de uma trilha a ser percorrida da seguinte forma:

  • Avaliação do contexto nacional e dos desafios nos campos político e econômico nos quais a organização está inserida;

  • Aprofundamento do conhecimento do “corebusiness” da organização, dos fornecedores e de eventuais terceirizados;

  • Realização de análise prospectiva na empresa para vislumbrar quais competências organizacionais e individuais deverão ser priorizadas e as possibilidades de sucesso dos planos de ação elaborados pela empresa;

  • Desenvolvimento de competências tais como visão periférica, contextual e sistêmica. Da mesma forma, competências de negociação e de articulação com os demais setores da organização, fornecedores, parceiros e clientes finalísticos serão foco de desenvolvimento;

  • Estabelecer pontos de controle e elaborar relatórios gerenciais que permitam todos os setores da organização acompanhar e intervir, em tempo oportuno, nos óbices que se apresentarem.

Também serão apresentados “cases” atuais envolvendo órgãos públicos de âmbito federal, estadual e municipal. Este case servirá de base para exercícios a serem apresentados ao longo do módulo.


Convido a uma avaliação do conteúdo que segue colocando-me à disposição para esclarecimentos complementares.


Sucesso a todos.

 

Gestão estratégica no contexto brasileiro, roteiro desenvolvido por Jefferson W. Santos


Objetivo do Módulo (30 hs):


  • Desenvolver competências na gestão de desafios de forma articulada e integrada com os demais setores da empresa, terceirizados, fornecedores e clientes;

  • Estimular as visões contextual e sistêmica sobre os fatores do ambiente externo e interno da empresa que prejudicam a produtividade e a eficiência organizacional;

  • Desenvolver a capacidade de avaliar cenários emergentes a partir de uma abordagem sistêmica multidisciplinar;

  • Desenvolver competências para se antecipar e solucionar os problemas e desafios que resultam em baixa produtividade e baixa eficiência organizacional a partir da influência dos fatores dos ambientes externo e interno da empresa;

  • Fortalecer as competências gerenciais dos executivos considerando o contexto no qual a organização está inserida.

Público Alvo:

  • Estudantes de terceiro grau (ou MBA), Gerentes, supervisores, líderes de equipe e de unidades organizacionais, profissionais reentrantes no mercado;

Metodologia:

  • Explanação de conceitos pertinentes à Gestão Estratégica e sua explicação com base na realidade dos problemas nacionais;

  • Discussão de temas atuais que interferem, positiva ou negativamente, nas atividades operacionais e administrativas de uma empresa com o uso de “cases” e de exercícios em grupo (simulação de setores organizacionais);

Resultados:


Ao final do módulo de 30hs os participantes estarão aptos a:

  • Ampliar a capacidade de gerenciar estrategicamente empreendimentos multifuncionais e multisetoriais atingindo elevados desempenhos de suas equipes;

  • Aperfeiçoar suas habilidades de liderança, articulação e negociação no engajamento e mobilização de equipes;

  • Desenvolver uma visão estratégica global dos negócios reconhecendo a influência dos fatores externos do cenário estratégico nacional e suas influências na produtividade e na eficiência da empresa;

  • Identificar os pontos críticos no nível organizacional e individual que impactam o desempenho em processos de execução de estratégias;

  • Desenvolver, de forma sistêmica, suas atividades em sintonia com as atividades e projetos dos demais setores da empresa;

  • A compatibilizar os interesses dos vários setores da empresa, empresas terceirizadas, fornecedores e clientes; e

  • Desenvolver de um projeto aplicativo vinculado ao negócio da empresa.


1) Apresentação da Conjuntura Atual Brasileira e os desafios empresariais:

a. Dimensões da Nação Brasil:

i. Sociocultural, Político, Econômico, Tecnológico e Meio-Ambiente;

b. O Brasil inserido nos Mercados regionais e global;

c. Avaliação dos Aspectos Estruturais e Conjunturais

i. Infraestrutura; Saúde; Educação; Saneamento Público; Modais de Transportes, Fontes de Energia; Telecomunicações e Relações Internacionais;

ii. Analfabetismo Funcional; “Apagão de mão-de-obra; Motivadores de baixa produtividade e de baixa eficiência;

iii. Burocracia, “Custo Brasil”, segurança pública, mobilidade urbana, etc.


2) Macroambiente Conjuntural e a influência na eficiência empresarial

a. A caracterização e formas de influência na produtividade dos Agentes Intervenientes:

i. Atores Intervenientes (Órgãos Públicos, Agências Reguladoras; Sociedade Civil Organizada ONG, Sindicatos; etc.);

ii. Fatores Intervenientes (Fatores Conjunturais e Estruturais, Legislações; Analfabetismo Funcional, Baixa Produtividade, Obsolescência Programada, etc.)

iii. Eventos Intervenientes (greves, alagamentos, bloqueios, paralizações, embargos ou paralizações jurídicas, multas, etc.)


3) A Organização (Empresa)

a. Missão, Valores, Objetivos

i. Alinhamento e atualização com os fatores do ambiente externo;

b. Legislações e estrutura normativa

i. Alinhamento com os Atores Intervenientes;

c. Estruturação Funcional e Operacional

i. Portfólio Organizacional: Recursos Humanos, Patrimoniais, Logísticos, Financeiros, Tecnológicos, Conhecimento Agregado, etc.

ii. Dispersão, Aglutinação (proximidade)

- Problemas na comunicação, coordenação de ações, segurança, etc.

iii. Influência de Fatores Intervenientes, Problemas estruturais, Mobilidade Urbana, Acessibilidade por modais de transporte, etc.

d. Características de uma atividade empresarial

i. A integração setorial nas atividades

ii. Discussão sobre o grau de interferência dos Agentes Intervenientes do ambiente externo (Atores, Fatores e Eventos Intervenientes).


4) A interação entre os atores da Organização, Mercado e Ambiente

a. Os Clientes finalísticos, fornecedores, empresas terceirizadas, parceiros e clientes internos; e

b. Caracterização e demandas dos clientes (especificação, aceitabilidade, praticabilidade)


5) O Indivíduo nas Organizações (empresas)

a. A Visão contextual

i. Sistêmica, Periférica e Prospectiva;

b. A Integração relacional e sistêmica

c. A Capacidade de gerenciar metas

d. A Assessoria e as propostas ao processo decisório;

e. As Linhas de Ação adotadas e os impactos setoriais e no ambiente externo.


6) O Plano de Ação: A eficiência da gestão setorial

Metodologia de aplicação: Exposição de conceitos e prática em grupos.

a. A avaliação do cenário externo (“Situation Awareness”);

b. A Interação com setores e sistemas organizacionais;

c. Avaliação de cenário e os impactos do Plano de Ação nos campos Político, Econômico, Sociocultural e Tecnológico (PEST);

d. Avaliação dos fatores da Análise SWOT

i. As Fraquezas e as Oportunidades a partir do mapeamento dos Campo Político e Econômico do modelo PEST;

ii. As ameaças e o Campo Sociocultural do modelo PEST

iii. Avaliação da Força e da Oportunidade a partir do Rastreamento de Precedentes (Fornecedores e setores internos da organização)

e. Mapeamento de Dependentes (Clientes Finalísticos)

i. Identificação da conexão de cada cliente finalístico e setores precedentes

f. O assessoramento e as propostas para a decisão

i. Adoção de linhas de ação a partir do modelo SMART; e

g. A elaboração do Plano de Ação (PDCA)

i. Usando os resultados das análises PEST, SWOT e SMART; e

ii. Gestão e alocação de meios e recursos através da análise do 5W2H.


7) Pontos de Controle

a. Liderança e eficiência em reuniões setoriais;

b. Desenvolvimento das competências de negociação e articulação para o acompanhamento do Plano de Ação.


8) Relatórios Gerenciais

a. Metodologia de aplicação: Exposição de conceitos e prática em grupos.

b. Registrar eventos evidenciando as dificuldades e êxitos das atividades setoriais na gestão de um Plano de Ação;

c. Sugerir ações recomendadas e medidas corretivas


9) Estudos de Casos Reais:

Metodologia de aplicação: Exposição de conceitos e prática em grupos.

a. Elaboração de CASE´s para alunos;

b. Orientação de CASE´s elaborados por alunos

 

Para agendar um atendimento inicial para os serviços de mentoria e aconselhamento para equipes, envie um e-mail para jeffersonwsantos@gmail.com com o assunto "Mentoria para Equipes - Gestão Estratégica no contexto brasileiro - Ad Astra Pilot". Ficarei feliz em respondê-lo!


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page